Turismo

Turismo para Israel subiu 10% no primeiro semestre de 2019

Israel recebeu um recorde de 2,265 milhões de turistas estrangeiros entre janeiro e junho de 2019, informou o Ministério do Turismo.

365.000 turistas entraram em Israel em junho de 2019, 18% a mais que em junho de 2018. Israel registrou um recorde de 2,265 milhões de turistas estrangeiros em janeiro-junho de 2019, 10% a mais que os 2,063 milhões de turistas no mesmo período do ano passado. , os relatórios do Ministério do Turismo.

O Ministério do Turismo estima receitas de turismo receptivo em 1,9 bilhão de libras em junho e 11,7 bilhões em janeiro-junho.

177.500 turistas visitaram a Europa em junho, 19% a mais do que em junho de 2018. Os países que mais aumentaram em comparação ao ano passado foram a Alemanha com 21.200 turistas em visita a Israel, 47% a mais do que no mesmo mês do ano passado e Portugal com 2.000. , o dobro do número em junho de 2018, depois que a companhia aérea local TAP iniciou voos diretos para Israel, aumentando o tráfego na rota.

O principal país europeu em junho no número de turistas que visitam Israel foi a França com 27.300. Todos os países europeus registraram aumentos no número de turistas que chegam a Israel, em comparação com o ano passado.

132.000 turistas visitaram Israel da América do Norte em junho, 11% a mais do que em junho de 2018. A maioria deles era dos EUA. A programação de vôos dos EUA foi reforçada com rotas diretas de e para São Francisco e Las Vegas, enquanto a United Airline introduziu um voo direto para Washington.

Segundo a Associação de Hotéis de Israel, a maioria dos turistas permaneceu em Jerusalém e em Tel Aviv.

One Reply to “Turismo para Israel subiu 10% no primeiro semestre de 2019

  1. Primeiro parabenizar o Marcelo Berlinske pela página Realidadeisraelense, pois está muito bonita e o segundo ponto é para dizer que ao visitar Israel em novembro de 2013, quando chegamos a Tel Aviv (04/11), a seguir saímos 1:30 da manhã de viagem em ônibus para Tiberíades e eu estava preocupado porque podia sermos assaltados na estrada, mas foi seguro, sobretudo ao caminharmos pelas ruas, não se tem a preocupação de assaltos por batedores de carteira, então se pode caminhar com bolsas expostas, não há necessidade de escondê-la. Observei também que não há pessoas pedindo esmolas em pontos turísticos, nem vivendo em situação de rua e nem meninos se drogando para todo mundo ver em praças públicas, pelo menos em pontos turísticos, não sei em outros lugares fora das partes centrais das cidades, por tanto eu achei isso ótimo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *