Notícias Locais

Uma greve de enfermeiros ilimitada começou

Na terça-feira, 23 de julho, às 7h, uma greve de enfermeiros e enfermeiros começou em todas as instituições médicas do país.

De acordo com informações publicadas, estamos falando de hospitais, policlínicas de planos de saúde e departamentos do Ministério da Saúde. Nas unidades de terapia intensiva, nas unidades de diálise, nas salas de parto, haverá um pequeno número de enfermeiros.

Oficinas cirúrgicas, departamentos hospitalares, hospitais geriátricos e psiquiátricos operarão de maneira limitada. Cada hospital terá uma equipe de enfermagem para fornecer serviços de emergência. Comissões especiais serão criadas para tomar decisões em casos especiais.

Nos fundos de doença, o trabalho será realizado de forma abreviada. Pacientes com câncer, pacientes de clínicas de diálise que recebem insulina, recebem atendimento domiciliar e outros continuarão a receber tratamento.

Todas as policlínicas que fornecem a vacinação antes de viajar para o exterior são fechadas.

Enfermeiros e enfermeiros, que são membros do sindicato, estão protestando contra a alta carga de trabalho, superlotação nas enfermarias do hospital, a ausência de taxas adicionais e piora das condições de trabalho.

Em maio, o sindicato dos enfermeiros anunciou um estado de disputa trabalhista devido à alta carga de trabalho que os impedia de dedicar o tempo necessário aos pacientes. As enfermeiras declararam que estavam lutando não só pelos seus direitos, mas também defendendo os direitos dos pacientes.

Em resposta, o Ministério da Saúde enviou uma diretiva aos hospitais para reduzir os salários dos enfermeiros que participam das sanções de greve. De seus salários no próximo mês pode ser calculado até 20%. Essa decisão do Ministério da Saúde também foi uma das razões da greve.

A greve foi apoiada pelo sindicato dos médicos. O chefe do sindicato, professor Hagi Zion, pediu ao chefe do governo para aumentar o orçamento anual do sistema de saúde em 5 bilhões de shekels para evitar o colapso do sistema.

O Ministério da Saúde pretende recorrer ao tribunal de conflitos trabalhistas para proibir a greve de enfermagem.

One Reply to “Uma greve de enfermeiros ilimitada começou

  1. Cuidar dos feridos,de doentes,de gente machucada é uma das mais nobres profissões e merece ser valorizada.
    Fazendo parte dos sinais de que o reino de Deus estava bem próximo o Senhor Jesus deu ordem aos seus doze discípulos:”Curai enfermos,ressuscitai mortos,purificai leprosos,expeli demônios;de graça recebestes,de graça dai”(Mt 10.8).
    Eu não tenho nenhum desses poderes mas está ao meu alcance pregar o evangelho,espalhar o amor e não cobrar nenhuma dinheiro para pregar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *