Hamas

Líder do Hamas: “Continuamos cavando túneis”

O líder do grupo terrorista islâmico Hamas, Yahya Sinwar, disse que sua organização não está interessada em uma guerra, mas está construindo forças, escavando túneis e preservando sua capacidade de lançar centenas de foguetes contra Israel. Sinwar fez essas declarações no contexto de uma campanha de visitas às famílias de membros da organização extremista islâmica.

Sinwar também elogiou um membro da “Força de Contenção” do Hamas, que foi morto há duas semanas após ferir três soldados israelenses. Alegadamente, a força de contenção age para parar distúrbios violentos e tenta se infiltrar na fronteira com Israel. Sinwar elogiou o terrorista, que permaneceu por duas horas em um posto militar abandonado no lado israelense da fronteira, até ser abatido pelas tropas das Forças de Defesa de Israel (IDF). Sinwar descreveu as ações do terrorista como um fato “heróico”. O porta-voz militar disse na época que o terrorista estava armado com um rifle de assalto e granadas de mão, e estava usando um uniforme militar. No entanto, o porta-voz militar explicou que a avaliação dos policiais foi que ele agiu de forma independente.

O líder do Hamas acrescentou que a liderança do Hamas discutirá com o povo de Gaza o “grande programa nacional: o plano da Marcha de Retorno” que será implementado quando a “Festa do Sacrifício” terminar, isto é, o feriado muçulmano de “Ajuda para Adha “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *