Mais

MONTE DO TEMPLO SE ABRE PARA OS JUDEUS DEPOIS DA MANHÃ DE PROTESTOS VIOLENTOS

Os muçulmanos confrontaram os judeus que esperavam na entrada, enquanto as forças policiais eram forçadas a invadir a área e atirar nos muçulmanos para dispersar a multidão e evitar mais brigas.

O Monte do Templo abriu no final da manhã de domingo para adoradores judeus depois de uma manhã de protestos violentos, segundo a polícia israelense.
O ex-MK Yehuda Glick também twittou que o monte estava aberto e milhares de judeus estavam subindo.

Judeus só foram autorizados a ascender após quatro policiais e um punhado de judeus e muçulmanos ficaram feridos em eventos. Nos relatórios indicam que o chefe da Jerusalém islâmica Waqf também foi ferido nos tumultos no domingo.
 As forças policiais invadiram a área do Monte do Templo, disparando granadas de efeito moral e usando outros meios em uma tentativa de dispersar a multidão de fiéis muçulmanos que protestavam contra a reunião de judeus na entrada do monte.

Um muçulmano apresentou a multidão “confrontando a tentativa dos colonos de invadir a mesquita de Al-Aqsa”, e postou no Twitter.

Na mesma época, o MK Ahmad Tibi chegou ao Monte do Templo.

A polícia proibiu os judeus de entrarem no local sagrado, e mais de 80.000 muçulmanos se reuniram para rezar e celebrar o feriado muçulmano de Eid al-Adha, o “Festival do Sacrifício”. Os 

anunciadores pediram aos fiéis  através de seus megafones que permanecessem no local e em As entradas para o Monte do Templo, a fim de negar a entrada do judaísmo. Eventualmente, os muçulmanos confrontaram fisicamente os judeus que esperavam para entrar e a polícia foi forçada a tentar dispersar a multidão e evitar a briga.

Domingo é também o dia de luto judaico, Tisha Be’Av. É costume que os judeus subam o Monte do Templo em Tisha Be’Av, pois o feriado marca a destruição do Primeiro e Segundo Templos. A polícia decidiu proibir a entrada de judeus na área do Monte do Templo, no domingo, por medo de que a violência explodisse e eles seriam incapazes de proteger os fiéis.

“Uma avaliação especial foi conduzida pelo Comandante do Distrito de Jerusalém e, eventualmente, foi decidido que, dada a quantidade de adoradores e o alto potencial de atrito, visitas ao Monte do Templo não seriam possíveis neste momento”, disse o porta-voz da Polícia Distrital de Jerusalém. anunciado pela manhã.

O Monte do Templo é geralmente fechado para visitantes não-muçulmanos durante os feriados muçulmanos, mas como as férias se sobrepõem, algumas organizações judaicas apelaram às autoridades israelenses para permitir visitantes judeus no local. 

“O portão deveria abrir às 7:30 mas a polícia está mostrando fraqueza e medo, e ainda não anunciou se abrir o portão para os” visitantes “judeus por medo de tumultos por muçulmanos ‘locais'”, tuitou Maariv . Avishai Grinzaig. “Ao fazê-lo, a polícia mostra ao mundo que o terrorismo compensa e também mostra quem realmente controla a montaria. (Dica para o quebra-cabeça: não para nós).”

Enquanto isso, na entrada da área do Monte do Templo, foi colocado um cartaz contendo uma foto de um terrorista do Hamas e do ex-líder da Irmandade Muçulmana, Mohamed Morsi, com escrita árabe dizendo “Não ao ‘Acordo do Século'” e citando Morsi dizendo: “Nossa alma anseia pelo Templo”.

MK Bezalel Smotrich twittou sua frustração com a decisão da polícia, dizendo que “a decisão de ceder ao terrorismo árabe e à violência nos lugares mais sagrados para o povo judeu é a raiz da falta de dissuasão”.

One Reply to “MONTE DO TEMPLO SE ABRE PARA OS JUDEUS DEPOIS DA MANHÃ DE PROTESTOS VIOLENTOS

  1. Há muita confusão a respeito desse templo.Dois templos já foram construídos em Israel e destruídos.Mas a Bíblia fala do 3° e também do 4° templo.O 3° é também chamado de ‘o Templo da Tribulação’ e será construído por judeus incrédulos e profanado pelo Anticristo.Depois,o Messias construirá o Templo milenial(o 4° Templo)juntamente com judeus redimidos e,entendo,por representantes das nações gentias.O 4° templo será distinto porque a Glória Shekinah de Deus retornará nele e os gentios poderão entrar nele para adorarem o Messias.Tudo isso está escrito nas Escrituras Sagradas,a Bíblia,onde o SENHOR fez muitas promessas.
    “Eu velo[=vigio] sobre a minha palavra para a cumprir”(Jr 1.12).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *