Brasil Corona Vírus

Daniel Azulay, renomado artista e educador judeu brasileiro, morre de vírus

Daniel Azulay, um dos artistas e educadores infantis mais importantes do Brasil, morreu em 27 de março aos 72 no Rio de Janeiro. Azulay estava sendo tratado de leucemia quando contraiu o coronavírus.

Azulay foi o criador da Turma do Lambe-Lambe, um grupo de personagens infantis que estrelou em programas de televisão que uma geração de crianças brasileiras cresceu assistindo. Mais recentemente, ele se concentrou na pintura, exibindo seu trabalho em exposições no exterior e ilustrando um livro ilustrado sobre uma criança brasileira que se muda para os Estados Unidos.

Azulay também estava profundamente conectado à comunidade judaica brasileira, que conta com cerca de 100.000. Ele era um descendente dos membros fundadores da primeira sinagoga sefardita do Rio. Aos 21 anos, Azulay era membro da delegação brasileira de tênis nos Jogos Maccabiah em Jerusalém.

One Reply to “Daniel Azulay, renomado artista e educador judeu brasileiro, morre de vírus

  1. Não se deve dar mole para esse vírus chinês.
    Prevenção é importante e por isso devemos evitar aglomeração de gentes,devemos procurar ter boa saúde pois esse vírus enfraquece quem já está doente e o paciente morre devido ao agravamento de casos de leucemia,tuberculose,pneumonia,forte gripe,etc.
    “Todo prudente procede com conhecimento”(Pv 13.16a).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *